Canção na plenitude – por Lya Luft

20/08/17 | postado por: Virginia Pinheiro

 

Não tenho mais os olhos de menina

nem corpo adolescente, e a pele

translúcida há muito se manchou.

Há rugas onde havia sedas, sou estrutura

agrandada pelos anos e o peso dos fardos

bons ou ruins

(carreguei muitos com gosto e alguns com rebeldia.)

 

O que te posso dar é mais que tudo

o que perdi: dou-te os meus ganhos.

A maturidade que consegue rir

quando em outros tempos choraria,

busca te agradar

quando antigamente queria

apenas ser amada.

 

Posso dar-te muito mais do que beleza

e juventude agora: esses dourados anos

me ensinaram a amar melhor, com mais paciência

e não menos ardor, a entender-te

se precisas, a aguardar-te quando vais,

a dar-te regaço de amante e colo de amiga,

e sobretudo força – que vem do aprendizado.

 

Isso posso dar-te: um mar antigo e confiável

cujas marés – mesmo se fogem – retornam,

cujas correntes ocultas não levam destroços

mas o sonho interminável das sereias.

 

Lya Luft

 

 

 

deixe um comentario no blog

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

15 Comentários:Canção na plenitude – por Lya Luft
  1. Rosy

    gostaria de me manter atualizada dos posts aqui publicados.

    • MCelia

      Oi , Rosy , se voce assinalou que gostaria de receber avisos de nossos posts , voce sera avisada por email , ok ? bjs e bem vinda ao Viva !

  2. Josely

    Adoro a Lya Luft, e quanta verdade e sabedoria neste canto da plenitude

    • MCelia

      Ela é mesmo o maximo !Tambem adoramos a Lya Luft, bjs

  3. sara leguisamo

    Gosto muito dos escritos , da sensibilidade e criatividade dessa mulher maravilhosa!
    Obrigada Lya Luft.

    • MCelia

      Ola , Sara , nós tambem somos fãs da Lya , que bom ter voce e a Lya Luft aqui com a gente ! bjs e bem vinda !

  4. Graça

    Adorei! Que lindo! estava precisando de ler algo tão profundo e inteligente!

    • MCelia

      Ola, Graca , que bom que chegou em voce em boa hora ! bjs e bem vinda ao Viva50!

  5. Sonia Nordqvist

    Muito lindo!!! Parabéns pela escolha! Bjs

  6. diva nunes duro

    Maravilhoso!Amo poesias.

    • MCelia

      Linda mesmo, né, Diva !bjss

  7. Neusa

    Lindo poema!!
    Amo Lya Luft! !
    Obrigada pelo prazer da leitura!
    Uma semana abençoada pra vocês em o nome de Cristo Jesus!

    • MCelia

      Uma ótima semana para você também, querida! Bjs

  8. Rita colacique

    Lindo!

  9. Júlia Albuquerque Vieira

    Virgínia Pinheiro,

    Excelente escolha, adoro Lya Luft ( aliás adoro poesia), mas este poema toca-nos especialmente. Os olhos de menina tb já não tenho , mas menina tb já não sou, rugas são a escrita da vida em nossa pele, e mal vai quem não atinge esse estágio de vida, como diz o poeta só quem morre novo é eterno jovem … e reflectindo nisso venham as rugas, certo?
    Beijos para si e toda a equipa do Viva50

    Júlia Albuquerque Vieira