Valeria Bonafé nos leva ao Lago Maggiore, Itália

10/09/18 | postado por: MCelia

Minha amiga Ofelia, de São Paulo, mora em Busto Arsizio perto do Aeroporto Malpensa  de Milão. Sempre que possível pego um trem aqui em Teglio Veneto, onde moro de maio a setembro, para visitá-la; é sempre muito bom estarmos juntas…são aquelas amizades da juventude que felizmente conservamos por toda vida. Minha amiga é uma pessoa inteligente e bem humorada; casada com um italiano, aos 65 anos ela está cursando sua segunda faculdade na Università Statale di Milano!
Na última vez que fui á sua casa, ela e seu marido  me levaram para visitar algumas cidadezinhas do Lago Maggiore…que lugar encantador!
Também conhecido como Lago Verano, o Lago Maggiore está situado entre duas regiões italianas (Piemonte e Lombardia) e a Suíça. Sendo um lago pré alpino, ele é rodeado de colinas e montanhas que o separam dos ventos nórdicos; possui mais de trinta  graciosas cidadezinhas ao seu redor, além de ilhas muito românticas que oferecem um cenário pra lá de especial.
Visitamos algumas das cidades italianas de carro. Adorei Arona onde visitamos o Colosso di San Carlo Borromeo que, com seus 35 metros, é uma das maiores estátuas do mundo! O centro de Arona é muito bonito, com praças e lindos hotéis.
Stress, pouco mais de 5000 habitantes, é encantadora e possui vários hotéis com vista para o lago. Ali, no calçadão à beira do lago, compramos bilhetes em um quiosque para o transporte de barco para visitar as famosas ilhas.
Visitamos as 3 ilhas do lago: Isola dei Pescatori é a única habitada e tem pouco mais de 50 habitantes, muito pitoresca almoçamos num restaurante charmoso com vista para o lago.
A Isola Bella abriga um lindo palácio em estilo barroco com jardim que foi construído em 1632 pelo conde Borromeo. No majestoso Palazzo, em 1797, Napoleão e sua esposa Josephine foram hóspedes da ilustre e abastada família!
A maior das 3 ilhas é a Isola Madre e nela se encontra o primeiro palácio da família Borromeo.
Vale a pena conhecer o lago em qualquer época do ano, porém de outubro a março os palácios das duas ilhas permanecem fechados.
Ofelia queria muito me mostrar o Lago Orta, que fica a oeste do Lago Maggiore. Ele é também conhecido como Lago San Giulio, o santo padroeiro da região. Decidimos voltar  no dia seguinte e realmente valeu a pena! Vejam as fotos e nos contem  o que acharam desse lindo lugar .

Isola Bella

Isola Madre

Lago Orta ou San Giulio

 

Valéria Bonafé

deixe um comentario no blog

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

8 Comentários:Valeria Bonafé nos leva ao Lago Maggiore, Itália
  1. Sonia Nordqvist

    Amei dar uma viajadinha com a Valeria!

    • MCelia

      Uma delicia, né, Sonia? Entra la de novo acrescentei mais 3 fotos … Beijos

  2. maria cristina apparecida machado

    Bella Italia!!!

    • MCelia

      Bellissima! Beijos Cristina!

  3. Maria Cristina

    Acho linda mesmo essa região.
    Eu morei por 5 anos à beira do Lago Maggiore. Vale a pena conhecer essa região da Itália.

    • MCelia

      Nossa que privilégio!!! Beijos

  4. Mariangela

    Muito bonito! Mais um lugar para conhecermos.

    • MCelia

      Lindo, né , Mariangela? Coloca na sua listinha …. beijos