A vida começa em qualquer idade

11/02/19 | postado por: MCelia

Minha vida, desde os 17 anos, foi de muito trabalho, muitas reuniões, muitas viagens, muita pressão, cobranças, responsabilidades, enfim trabalhei muito durante mais de 39 anos. Exatamente, trabalhei em quase quarenta anos da minha vida. Em 2013, decidi dar um basta para cuidar de mim e acompanhar a trajetória de minha única filha, estudante de medicina. Não arrependi em momento nenhum. Atualmente, viajo muito, mas de uma outra forma, forma esta muito mais interessante, muito mais livre, sem prazos nem pressões. Hoje estou livre para conhecer todos os lugares que ainda me faltam conhecer, nos meus 63 anos de vida.

Minhas viagens de turismo sempre foram acompanhadas. Nesse ano, em agosto, decidi iniciar viagens sozinha, pelo Brasil. Denominei meu projeto: Conhecendo o Brasil. Iniciei por um tour de 5 dias pelos Lençóis Maranhenses. A viagem traduziu-se em uma experiência maravilhosa, única, gratificante, encontro comigo mesma. Um viagem de contemplação e reflexão.

A segunda viagem foi para Manaus, em outubro. Dando continuidade ao projeto, fiquei 9 dias entre a floresta amazônica e cachoeiras belíssimas. Posso afirmar com toda convicção que foi a minha melhor viagem até o momento. Posso afirmar que o Brasil é belíssimo, com riquezas naturais imensuráveis e que é um desperdício deixá-las passar incólume ao nosso olhar.

Atualmente, me encontro planejando a próxima viagem cujo destino será o Pantanal, posteriormente Bonito e no segundo semestre do ano que vem retomo as viagens internacionais. Seguirei sozinha, pois cheguei a conclusão que não devemos deixar de realizar nossos sonhos, por motivo nenhum, principalmente por falta de companhia. Não tenho mais idade para esperar por alguém que possa me acompanhar. O tempo que tenho para viver é menor do que já vive até agora. Portanto, minha necessidade de conhecer o mundo é urgente. Cheguei também à conclusão que a vida começa quando a gente quiser, na idade que quisermos, basta termos sonhos a realizar e coragem para colocá-los em prática.

Deus abençoe a todas. E, sejam felizes!

Maria Lucia Costa dos Santos, 63 anos, advogada aposentada, viúva e mãe de uma maravilhosa futura médica.

Este texto nos foi enviado em dezembro de 2018.

deixe um comentario no blog

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

20 Comentários:A vida começa em qualquer idade
  1. Lujan

    Estoy a mi manera es esa etapa. Considero que trabajé intensamente 37 años. Todo lo que pude hacer en mi profesión como docente lo hice. Una vez que pude volver a estudiar no dudé, me metí entre los libros a lograr un nuevo título. Luego seguí pensando en mejoras dentro de cargos jerárquicos. Estaba segura que era un pasaje y ese fue un motivo para procurar lo mejor dentro de mis condiciones. Cuando llegó el momento de la jubilación sentí el desprendimiento. Finalmente me di tiempo para mi marido, mis hijos y mis nietos que llegaron uno tras otro. Eran señales de que otra etapa empezaba. En medio de todos procuro hacer espacio para la fotografía, algún viaje, las amistades y siento que el sabor de cada momento lo pone uno…. con la ilusión de descubrir algo desafiante que te abra otra puerta y no temas ver que hay detrás…

    • MCelia

      Oi, Lujan que lindo , mesmo não falando espanhol entendi perfeitamente o que quiz dizer…é muito bom chegar na nossa idade com o gosto de ter feito tudo o que deveria ser feito na hora certa, e na hora de parar a coisa vem naturalmente e ai procuramos só o que nos da prazer , com toda maturidade adquirida com os anos!
      É uma das vantagens de ficar mais velha, não é mesmo ? Saber saborear nosso tempo da melhor maneira! Viva! Um beijo querida!

    • Maria Lucia Costa dos Santos

      Que maravilha, Lujan. Estas na maravilhosa fase de missão cumprida. Isto é muito bom. Parabéns, relaxe e curta sua família. Grande abraço.

  2. Marize Martins

    Que lindo! Esse texto serve de incentivo para todas nós, mulheres acima dos cinquenta ou sessenta a idade é o que menos importa neste momento.
    Para mim veio como um sinal positivo de tudo que eu venho planejando mais anida não coloquei em prática, mas depois dessa não há duvida que tenho que começar a fazer os meus roteiros e colocar a” mochila” nas costas e “Bon Voiyage”.
    Muito obrigada Maria Lucia pelo seu depoimento incentivador.
    Muito obrigada às meninas do VIVA 50!

    • MCelia

      Oi, Marize, que bom que o post da Maria Lucia chegou em você na hora certa! Agora aguardo um email seu com sua próxima viagem! Coragem e pé na estrada! Um beijo querida!
      E obrigada voce por estar aqui com a gente!

    • Maria Lucia Costa dos Santos

      Que bom, Marilze. Fico muito feliz em servir de inspiração. Siga em frente. Abraço.

  3. Cristina

    Maravilhosa tua escolha Célia
    Eu penso exatamente assim. Se tenho companhia ótimo vamos juntos, Se não tenho companhia vou sozinha mesmo e nunca me arrependi. Você fica mais aberta a outras pessoas (e olha que vc encontra pessoas maravilhosas de todo mundo) você não fica só no grupo ou com a pessoa ao teu lado…..isso é ótimo.
    Ainda não me aposentei mas já faço isso nas minhas férias.
    E quando me aposentar ah ….. o planeta Terra que me aguarde!!!!

    • MCelia

      Oi, Cristina, a Maria Lucia nos presenteou com esse post lindo e acho que ela vai influenciar muitas outras pessoas a sair por esse mundo a fora conhecendo lugares, pessoas e até a si mesmo! Que bom que você ja se aventura por ai, um beijo !

    • Maria Lucia Costa dos Santos

      Isso mesmo, Cristina. Estás no caminho certo. Abraço.

    • Maria Lucia Costa dos Santos

      Isso mesmo, Cristina. Continue assim, não abra mão de coisas que te fazem feliz. Abraço.

  4. Vanessa

    Que orgulho de você, mãe linda!! Mulher independente, forte, guerreira, amorosa, dedicada e de muita fé! Qualidades que me inspiram. Fico muito feliz por iniciar e manter esse projeto das viagens, acompanhada ou sozinha. Quero viajar muito ainda contigo. Amo você.

    • MCelia

      Oi, Vanessa, muito orgulho mesmo desta mãe tão linda! Curta muito ela!!! Beijos

    • Maria Lucia Costa dos Santos

      Ah não, danadinha. Minha linda, maravilhosa. É por você que faço isso tudo. Bjo. Te amo muito.

  5. Regina Lúcia

    Delícia de depoimento, que bom que estamos mais soltas, fico pensando em quanta gente gostaria de fazer o mesmo e não tem condições neste país tão desigual.

    • MCelia

      Oi, Regina, é verdade , nossa realidade é muito triste, mas penso que vendo exemplos assim como o da Maria Lucia as mulheres que não podem fazer as viagens como as delas, começam a pensar em fazer coisas que estão ao alcance delas, conhecer lugares mais perto da sua casa, sair mais, fazer uma caminhada, ir ao um cinema, teatro etc. Aprender com ela a ser, como voce disse, mais soltas! Um beijo

    • Maria Lucia Costa dos Santos

      Regina, exatamente como a Maria Celia, comentou. Faça de outra forma mas com o mesmo propósito. Propósito de se libertar, sair da rotina, se liberar do preconceito que dizem que mulher não pode fazer isso ou aquilo. Nós podemos tudo, lembre-se sempre disso. Grande abraço.

  6. Ana lopes

    Estou simplesmente maravilhada com este blog.Tudo que precisamos para viver melhor este ciclo da vida.Encontrei aqui tudo que penso,mas que me sentia ,tipo adormecida,sem perspectiva,andando em círculos,viver por viver,e olhe que eu tenho uma vida boa, tenho um filho maravilhoso, pais idosos e uma profissão que eu amo.Trabalho na saúde.Mas enfim,este blog veio de encontro com o que eu penso.Falta pouco para me aposentar e confesso,que isto me deixa um tanto indecisa ,mas ouvindo vocês ,já estou pensando diferente.Um forte abraço do tamanho do Rio Grande do Sul,tchê!!

    • MCelia

      Oi, Ana, que bom que nos encontrou! Muito bom ter você aqui com a gente, essa fase realmente deixa a gente sem saber ao certo o que esta rolando com nossos hormônios fazendo loucuras na nossa vida, aposentadoria apontando…bem difícil, mas assim que nos localizamos começamos a perceber que uma nova fase esta começando e esta fase pode ser bem interessante. Estamos todas no mesmo barco,você não esta só! Um grande abraço para você também, querida gaúcha!

  7. Maria Lucia Santos Oliveira

    verdade temos uma só vida e temos que aproveitar viajar é muito bom

    • MCelia

      É isso mesmo, Maria Lucia, vamos vive-la da melhor maneira! beijos