Como escolher um presente de Natal certeiro

06/12/18 | postado por: Fernanda Damy

 

Escolher um presente pode ser uma tarefa muito difícil para quem não compreende o que significa o ato de presentear uma pessoa querida. São muitos os fatores que fazem de um presente um sucesso, e nenhum deles tem a ver com o quanto ele custou monetariamente. Saber como escolher um presente de Natal certeiro (ou em qualquer outra data) é uma arte que costuma ser dominada por aquelas pessoas mais sensíveis, que de fato conhecem seus amigos, entendem seus gostos, cuidam dessas relações com açúcar e muito afeto.

Com a chegada do Natal e as confraternizações de todo o tipo – família, amigos, a turma da academia, as mães da escola, o pessoal do trabalho e por aí vai – aumenta um pouco a pressão para que sejam eleitos os melhores presentes, com um bom custo/ benefício e que toquem fundo no coração de quem recebe. Minhas dicas para que você acerte em cheio nestas festas envolvem planejamento, atenção e criatividade. Veja aqui:

– Faça uma lista das pessoas que gostaria de presentear.

– Delimite um orçamento total para isso, e se possível, uma média de preço por pessoa.

– Separe adultos de crianças, são públicos bem diferentes.

– Fuja do óbvio: meias, gravatas, pijamas, livros repetitivos ou eletrodomésticos.

– Para cada pessoa, considere antes de comprar: Do que ela gosta? No que trabalha? Quais seus hobbies? Ela tem algum sonho que todos conheçam? Por exemplo: Se o sonho dela é conhecer Londres, que tal um livro com a história da cidade e guias atuais de viagem?

– Se for escolher roupas que provavelmente precisarão ser trocadas, considere comprar em lojas que fiquem próximas à casa ou ao trabalho do presenteado. Você quer dar um presente, e não uma dor de cabeça ao seu amigo ou familiar.

– Não se apegue a valores, mas não seja sovina: melhor não dar nada do que comprar algo que “pareça” de segunda categoria ou comprada só por ser baratinha.

– Embalagem é tudo: Caso o presente venha em algum embrulho mais ou menos, pense em fazer uma embalagem criativa. Eu sempre tenho fitas, adesivos, papéis pra isso em casa. No Brasil as lojas entregam tudo embrulhado, mas fora do país as pessoas é que fazem seus pacotes de forma criativa e personalizada.

– Considere FAZER o presente. Quando eu aprendi a cozinhar, fiz no Natal brownies para todas as minhas amigas e entreguei pessoalmente, fresquinhos e com cartões feitos à mão. Fez sucesso! Pense nas suas habilidades e quais presentes poderiam sair disso. Você pode se surpreender!

– Não SE esqueça dos cartões escritos à mão: São fundamentais para desejar, para cada pessoa, votos de Boas Festas e de Ano Novo.

– Certifique-se de que as lojas têm prazo para troca depois do dia 24/12, caso você comece a comprar seus presentes agora. O que pode economizar tempo hoje, pode trazer um problema depois – vale negociar, em épocas de crise, ninguém quer perder venda por conta de prazo de troca.

– Se você passa seus Natais numa cidade onde não mora, cuidado para não comprar presentes em lojas que só existam na sua cidade. Caso seja necessária uma troca, essa tarefa vai ficar para você. Já cometi esse erro e é uma função desnecessária para você.

– Escolha um dia calmo (beeem antes do Natal) e mãos à obra! Se você não conseguir fazer tudo em um dia só, planeje os dias com temas. Eu vou por grupos – amigas da academia, família, funcionários. Mas você pode se planejar por gêneros, por bairro ou shopping.

 

Os comentários estão fechados.