Os homens e a crise da meia idade

06/11/15 | postado por: Virginia Pinheiro

por:  Virginia Pinheiro

Assim como as mulheres, os homens também enfrentam a crise da meia idade. Entretanto, parece que as mulheres enfrentam essa crise de uma forma diferente, não se desestruturam tanto quanto eles, procuram novas formas de viver achando em cursos, hobbies, viagens, netos, amigas, família etc.,  novos incentivos estimulantes que as ajudam a elaborar e curtir essa fase.

Já muitos homens encontram uma grande dificuldade para transpor essa etapa de vida. A crise da meia idade masculina surge em torno dos 40 a 55 anos, variando de indivíduo para indivíduo, e se caracteriza como uma fase dolorosa na qual o homem é levado a avaliar a sua vida como um todo: profissional, afetiva, social e existencial. Juntamente com esse olhar vem a percepção clara de que o tempo passou, que mais da metade da vida se foi e que a finitude é um fato inquestionável.

É a constatação evidente de que “deixamos de crescer e começamos a envelhecer”. Também nesse momento da vida o homem se depara com os sinais evidentes da passagem do tempo: rugas, cabelos ficando grisalhos, perda do vigor físico e, para alguns, somam-se os sintomas da andropausa (que tem seu início em torno dos 50 anos) como insônia, diminuição da vitalidade, acúmulo de gordura na região abdominal, mudanças de humor, diminuição da libido, entre outros.

 

crise-da-meia-idade-masculina

 

É nesse momento dramático que pode surgir a indagação: O que eu fiz da minha vida?  Vivi somente para a minha família, mas agora eu quero viver para mim e fazer tudo o que sempre quis fazer! Ao se deparar com a transitoriedade do tempo e a finitude da vida, o homem se desestrutura e tenta desesperadamente paralisar o tempo e voltar ao passado em busca sua juventude. É nesse momento que a família, principalmente a sua mulher, deixa de reconhecer o homem com quem viveu por longos anos. Esse espanto surge quando, de repente, o marido chega em casa anunciando que se matriculou no curso de paraquedismo, que vai fazer bungee jump porque precisa de emoção, de adrenalina.

 

tempolivre-dicas-para-fazer-um-rapel-seguro-br

 

Observe que ele gasta muito tempo cuidando da aparência, que passou a frequentar a academia 5 vezes por semana e olha o seu próprio reflexo em todos os espelhos e vitrines que encontra, encolhe a barriga e examina detalhadamente seu próprio rosto.

BXK12621_harley-davidson-10800Também pode ser que um dia, quando chegar em casa, ela dê de cara com uma enorme moto Harley-Davidson estacionada na garagem, ou que encontre ingressos para um show de rock pesado que vai acontecer num grande estádio de futebol.

Esses, entre outros sintomas, apontam para o centro da dolorosa crise de meia idade pela qual o homem está passando e a solução, obviamente, não é tentar resgatar a juventude e nem tampouco congelar o tempo; é preciso que ele procure encontrar outros significados para a vida e para si mesmo, e  criatividade é a palavra-chave.

 

homem_cozinhando

 

Conheço homens que nessa fase encontraram novos hobbies, novos estímulos que os fizeram se sentir vivos, aprendendo, ensinando e se transformando. Não tenha medo! Essa crise, se superada, leva à fase de integração e de luminosa maturidade masculina, acredite!

 

7584668_f520

 

138 Comentários:Os homens e a crise da meia idade
  1. nadir

    Olhe ai, viu?

    • Virginia

      Oi Nadir, eles também passam por uma crise difícil quando chegam à meia idade, é importante que a mulher saiba quais são alguns dos sintomas dessa fase para poder lidar melhor com ela. Bjs e bem vinda ao viva50!

  2. Cleide

    Reencaminhar para quem de direito…

    • Virginia

      Olá Cleide, é bom conhecer o que se passa com os homens, assim podemos compreende-los e, se possível, os ajudar a transpor a crise. Bjs

  3. Sandra Regina

    Muito interessante e esclarecedor esse artigo. Muitas vezes nós mulheres que estamos enfrentado as mudanças que a menopausa nos traz não percebemos o que acontece à nossa volta e ao ler esse artigo podemos começar a procurar entender o que se passa com nossos maridos e namorados e tentar ajudá-los a enfrentar esse problema com tranquilidade e calma.

    • Virginia

      É isso mesmo Sandra, ambos, homens e mulheres, precisam começar a compreender um pouco mais profundamente o que se passa com seu parceiro, só assim é possível ajudarem-se mutuamente. Abraço

  4. Valéria Bonafé

    …enquanto estamos lutando e procurando superar as mudanças que ocorrem na menopausa,muitas vezes não notamos que nossos companheiros também estão sofrendo com a crise de meia idade…para eles deve ser mais difícil superar esse período pois,ao contrário de nós mulheres,não se desabafam com as amigas,não choram,não procuram médicos…
    Assunto muito bem lembrado,ótimo artigo!

  5. silvia tavares

    Desculpem, mas não concordo…..são sempre imaturos, sempre carentes, sempre sendo perdoados por erros inadmissíveis, pois são “homens”….fala sério, até qdo devemos tratá-los como crianças?

  6. Amadeu

    Bom Dia !!!
    Virginia é um prazer poder ver sua Postagem ;
    Eu gostaria de saber se você e Psicologa Preciso desenvolver um trabalho com esse titulo, “Acrise da meia idade ” com os tópicos abaixo ;será que você poderia me ajudar?
    Desde de já agradecido

    “A Crise da Meia Idade “.
    Pessoas com crise de meia idade normalmente apresentam
    Os seguintes sentimentos…

    *Busca de um sonho ou objetivo de vida indefinido ;
    *Profundo sentimento de remorso por metas não cumpridas;
    *Desejo de voltar a se sentir como em sua época de juventude ;
    *Vontade de ficar mais tempo sozinho ou apenas com determinadas pessoas;

    Os seguintes comportamentos…
    *Abuso de álcool;
    *Aquisição de itens não usuais ou muito caros,como motocicletas,barcos,roupas,carros esportivos,joias,pircings,tatuagens etc;
    *Depressão;
    *Responsabilizar-se pelos seus fracassos pessoais;
    *Cuidado exagerado com a aparência e tentativa de parecer mais jovens;
    *Procurar relacionamentos com pessoas muito mais jovens ;

    Atc.Amadeu

    • Virginia

      Olá Amadeu, infelizmente eu não posso te ajudar pois esse espaço não é para isso, aconselho que peça a seus professores indicações de leitura para que possa desenvolver esse assunto de forma abrangente e profunda. Um abraço e bom trabalho!

  7. Amadeu

    Boa Tarde !!!
    Virginia mesmo assim fico muito grato:
    Obrigado e DEUS te Abençoá.

    • Virginia

      Oi Amadeu, você é sempre bem vindo! abraço!

  8. vagner

    Interessante

    • MCelia

      Vagner, bem vindo ao Viva50! Que bom que gostou! Abraços!

  9. nadir

    Amor,

    Veja esse artigo.

    Te amarei em qualquer idade e situação.

    Bjs.

  10. Luiz Lucas

    Luizinho,

    Estive pesquisando sobre o que você me falou sobre repensar a vida, problemas na sexualidade e encontrei este site interessante, até para que eu possa entender o que se passa com você. Dê uma lida, é rápido. Espero que não seja nada especificamente relacionado comigo, pois como você pode ver a mulher também passa pela crise dos 50 porém de maneira diferente.

    Não te quero mal.

    Beijos,

  11. eduardo

    tudo haver com vc

    • MCelia

      Ola, Eduardo, bem vindo ao Viva50! Abraços.

  12. simoni

    Interessante, não sabia de nada disso.

    • MCelia

      Que bom que gostou, Simoni, bjs!

  13. simone soares

    Especial e interessante.

    • MCelia

      Bom sabermos que eles podem estar passando por esta fase , né? Bjs .

  14. Marcia

    para entender

    • MCelia

      Ola, Marcia, pois é precisamos entende-los tambem , não é mesmo? Bjs

  15. Jairo

    Esse ano completei 38, e como casei muito cedo, estou desnorteado e confuso. Espero poder me estabilizar e superar esses momentos que estou passando! 🙁

    • MCelia

      Oi , Jairo, é comum ficar um pouco confuso e voce poderia procurar alguem profissional ( psicologo/a) para voce poder conversar e se orientar, te ajudaria muito…um bom desabafo com amigos verdadeiros tambem é um bom remedio. O interessante é voce não se acomodar e procurar o que te faz feliz, boa sorte ,volte sempre , abraços!

    • Fernando

      38, Jairo? Está só começando…

  16. geisa ribeiro

    “Não tenha medo! Essa crise, se superada, leva a uma fase de integração e de luminosa maturidade masculina, acredite!”

    Essa crise, se superada? Como assim? Existe chance dessa CRISE não ser superada? De permanecer para sempre??? Tenho tentado ser compreensiva com meu marido de 50 anos que está passando pela crise há aproximadamente 3 anos. Devo confessar que é muito difícil. Como agradar quem não quer ser agradado por mim? Como superar uma traição? Como confiar em uma pessoa em quem confiei cegamente por 23 anos e que, de repente, me apunhalou pelas costas? Como ser carinhosa com alguém que não me dá mais carinho? Quanto ainda tenho que aguentar em nome da nossa família?

    • Virginia

      Querida Geisa em um casamento longo a crise costuma ser muito difícil, o homem fica agressivo com a esposa culpando-a por suas próprias inseguranças e frustrações, nesse cenário, você se sente rejeitada, mal amada e com a auto estima super abalada. Eu entendo perfeitamente o que você está passando e, com base na minha própria experiência, digo que você não tem que aguentar nada “em nome da família”, nesse momento pense somente em VOCÊ MESMA.
      Geisa, às vezes é preciso um afastamento, uma separação para que ambos tenham a oportunidade de ver a relação de uma certa distancia, de ver a si mesmos, avaliar os próprios sentimento, de ter uma oportunidade para “passar a limpo” a vida. Eu sei que falar em separação, depois de longos anos de casada, é algo extremamente complicado, mas, Geisa, não tenha medo de se impor, de respeitar sua dignidade como mulher e companheira, respeite, antes de mais nada, seus próprios limites.
      Quando eu digo que se essa crise for superada a fase seguinte é realmente de amor e maturidade entre o casal, é verdade, mas a superação depende de ambos, não só do homem, pois na verdade, essa é uma crise que aponta também para a relação do casal. Ambos precisam se renovar enquanto individualidades, ver a crise como oportunidade para resgatar o amor, o respeito e o prazer de estar juntos por livre opção.
      Um grande abraço, espero que você mantenha o contato com a gente, a troca de experiências só pode enriquecer a todas nós.

  17. SIMONI SOARES

    EXCELENTE PUBLICAÇÃO. PASSO POR ESTE MOMENTO DE FORMA DRAMÁTICA. MEU COMPANHEIRO SE FECHOU, SE ISOLOU E SE AFASTOU E TORNOU-SE MUITO AGRESSIVO EMOCIONALMENTE.

    • MCelia

      Oi,Simoni , é preciso muita paciencia e amor. Tente aproximar-se com conversas com muito jeitinho , eles precisam primeiro aceitar que estão em crise ( o que é bem dificil para os super poderosos…), e ai devagar eles vão voltando a ser o mesmo de antes. Não se esqueça: muita paciencia e amor !!! bjs

      • Dan

        Olá , me vejo nesta situação com
        Meu marido . Ele está nesta crise há 8 meses . Saiu de casa 2 vezes , mas nunca perdemos o respeito um pelo outro . Ele buscou ajuda e eu tb para tentar entendê-lo . Até agora ele não retornou mas nos relacionamos ainda . A paciência tem sido minha grande companheira . Será q essa crise não passará nunca ?

        • MCelia

          Oi, Dan , passa sim…continue com paciência! e converse bastante com ele…beijos e boa sorte

  18. Geraldo magela Teixeira

    Ola
    Gostaria de receber postagens sobre o assunto .
    Grato.

    • MCelia

      Ola, Geraldo, fique aqui com a gente estamos sempre postando assuntos ligados à meia idade e suas crises, tanto do homem quanto da mulher, muito bem vindo ao Viva50! Abraços!!!

  19. Fabiana Cunha

    Boa tarde!

    Adorei a publicação, estou passando exatamente por este momento, estou prestes a me separar. Sempre tivemos uma relação amorosa, de carinho e cuidado, e agora há 1 mês minha vida conjugal se tornou um inferno, meu marido está a 15 dias de completar os 40 anos e tem dúvidas do sentimento por mim, anda confuso, triste, solitário, mudou completamente seus hábitos, tem grandes oscilações de humor.
    Tenho tentado muito, com diálogos, mas a cada aproximação, mais agressivo e revoltado ele fica.
    Atualmente está prestes a deixar nossa casa, porque precisa de um tempo para rever a nossa relação. Não aceita ajuda.
    Não sei mais como agir e o que fazer, porque de verdade estou perdendo minhas forças…

    • MCelia

      Querida Fabiana, não perca suas forças, não ! Fique firme e forte e se gosta mesmo dele , ajude-o a passar por esta fase. Tente ser compreensiva, deixe-o refletir sozinho este momento, mostre que esta sempre presente para ele, faça o seu melhor para ajuda-lo. E lembre-se se ele gosta de voce , essa fase passará e ele voltara mais carinhosos e amoroso que antes. Só fique atenta e não va alem do seu bem querer , ok ? Boa sorte ! bjs e conte com a gente aqui para te dar uma forca, ta ?

  20. EDVAL CARNIELLI

    Olá Virginia, tenho 52 anos sou casado tenho 3 filhos e vivo bem com minha família; Eu notei que quando fiz 50 anos parece que desceu sobre meu ombro um bloco de 50 toneladas, antes fazia trilhas e enduro de moto, e tambem caminhava quase todo dia,,, quando completei 5o acabou o ânimo e veio a depressão e não entendia o que estava acontecendo comigo, eu não sabia desta tal de crize dos 50, até que dia 19/11/14, estava vendo o filme um ano de cão, nao lembro se foi a filha ou a esposa do camarada disse que ele estava desorientado por causa da crize dos 50 anos, eu queria saber o que devo fazer para viver minha segunda parte da vida bem comigo e minha famìlia?

    • Virginia

      Oi Edval, saiba que você é um homem corajoso e correto, são raros os homens que tem a sensibilidade de constatar uma crise pessoal e buscar conselhos e modos para superá-la.
      Com certeza você está entrando na crise da meia idade masculina caracterizada pela constatação inquestionável que a juventude se foi, essa percepção é muito dolorosa, rugas, ganho de peso e baixa do vigor físico são algumas das evidencias dessa fase. A sensação é de que a “vida se foi” e você perdeu (ou deixou de fazer) muitas coisas que gostaria de ter feito. Cuidado Edval, é essa sensação, aliada a constatação de envelhecimento, que pode desencadear depressão, revolta e, em muitos casos, a destruição de tudo o que construiu até agora numa busca ILUSÓRIA da juventude perdida.
      Edval, a palavra “crise” significa tanto destruição como oportunidade, procure encarar a crise da meia idade não como uma fase de destruição, mas como uma oportunidade de ouro que a vida te dá. Você precisa efetuar mudanças na sua vida sim, mas essas mudanças não estão no passado, na juventude, no carrão, na moto, na meninas mais jovens, as verdadeiras transformações estão na busca de novos significados para sua vida e para si mesmo, comece a praticar um novo hobby, cozinhar, pintar, cinema…, aprenda novas coisas, com o seu conhecimento e experiência de vida comece a fazer algo pelos outros, busque RE-CONHECER a sua esposa, saia mais com ela, divirtam-se, é preciso resgatar o encantamento pois ela, com certeza, também anseia por isso.
      Edval, a maturidade masculina é fantástica desde que colocada a favor da criatividade e da construção.
      Grande abraço, espero que você fique em contato com a gente.

  21. EDVAL CARNIELLI

    Olá Virginia, obrigado pela sua palavras, creio que você já está me ajudando, vou procurar me cuidar mais, posso viver outras experiencias legais que iram me ajudar.

    • Virginia

      Que bom Edval, fico realmente feliz em poder ajudar. Abraço

  22. Nina

    Olá Virginia também não sabia que existia essa fase na vida do homem, a matéria me ajudou muito a esclarecer que isso existe pois achava que isso era uma loucura ou um surto! Estou passando isso com meu esposo e gostaria de saber como devo me reagir e ajudá ló nessa fase tão difícil é doida pois muitas mágoas e decepção é inevitável. Quanto tempo dura isso??? Obrigada!

    • Virginia

      Oi Nina, você está passando por uma fase delicada, a crise da meia idade masculina, como você leu no texto, é um período em que o homem vivencia o fim inexorável da sua juventude, o que os deixa ansiosos e inseguros. Nessa fase, não é raro acontecerem separações, divergências, agressões e rupturas familiares pois os homens procuram desesperadamente, e a qualquer preço, resgatar a juventude perdida. Querida Nina, procure manter-se ocupada, não abra mão das suas atividades, não se deixe diminuir enquanto mulher e mantenha sua dignidade sem nunca perder a consciente de que muita coisa boa foi construída por vocês 2 ao longo de muitos anos. As decepções e mágoas que surgem nessa fase devem servir de material de reflexão para rever a relação de vocês, avalie se elas podem ser transformadas em aprendizado mutuo, em novas formas de reavivar a relação de vocês. Mas, principalmente, não tenha medo de enfrentar uma transformação pessoal, não se esqueça que você, Nina, deve estar sempre em primeiro lugar para você mesma, faça somente aquilo que te fizer bem, não tema as transformações e surpresas que a vida pode te trazer.
      Um grande abraço e muita força querida amiga viva50.

  23. Simonw

    Ola meu marido esta passando por esta fase e fiquei assustada não sei o que fazer. se puder me ajudar eu agradeço.

    • MCelia

      Ola, Simone, muita paciencia e amor são 2 conselhos que posso te dar! Mas va até onde voce pode, não deixe de pensar em voce tambem! Esta fase costuma ser passageira e logo eles voltam a ser os mesmos de antes. Fique atenta e tente mostrar que o ama e que esta ai para ele.
      Boa sorte !!! Bjs e conte com a gente!

  24. Lourdes

    Olá apesar de ter algumas perguntas em relação a quantos tempo essa crise dura continuei com a dúvida. e faço novamente a pergunta essa crise realmente passa ? No caso do meu marido além de ele achar que ainda é um garotão deu de paquerar descaradamente mulheres na rua e seu apetite sexual aumentou muito ….a ponto de incomodar sendo que o que mais li é que o apetite dos homens tem uma tendencia a diminuir.

    • MCelia

      Lourdes, a gente acredita que essa crise passa sim, é preciso bastante paciência, mas sua paciencia deve ir até onde não te incomode demais. Mantenha-se ocupada com sua vida e veja até onde sua dignidade aceita e se for o caso coloque um basta e de-lhe um corretivo quando ele paquerar descaradamente pois é uma grande falta de respeito com voce, não é mesmo? Imponha-se quando necessario! Boa sorte e volte sempre, estamos aqui para te dar apoio, ok? Bjs

  25. Deia

    Essas idade tá cedo complicada para mim. Eu fico me perguntando o que será da minha vida pra frente. Casei-me aos 19 anos tive 2 filhos e fiquei viúva há 5 anos.Tô aposentando agora. E os filhos casando. Eu todos os dias peço a Deus mostrar caminho seguir. Porque é um novo recomeço da vida e que tá passando de pressa.

    • MCelia

      Ola, Deia, essa nossa fase realmenete não é facil, mas este recomeço é muito legal! Faça um esforço para sair dela o quanto antes, procure seu medico e peça uns remedinhos para te dar uma força, veja o que te da prazer em fazer e comece ir atras. Me aposentei a 6 anos e te confesso: ADOREI !!!É bom demais! A gente tem tempo para fazer o que queriamos fazer e não podiamos quando trabalhavamos, pense bem e veja o que gosta e va atras, coragem!!! Bjs

  26. Alvimar

    para refletir

    • MCelia

      Exatamente, Alvimar ! Abraços.

  27. bruno caetano

    Bem hajas, eu ja andava a estranhar!!!!

    Abreijos a todos

    • MCelia

      Bem vindo ao Viva50, Bruno!

  28. Renato

    e que fase, parece “crise da troca de pele”..tenho 45, casado a 21 anos e estou realmente passando por emoções avassaladoras. Percebi que meu desejo sexual aumentou assim como meu ciumes pela minha mulher. Fico irritado achando que ela me trai e assim percebo meu desejo por outras mais jovens, mas não teria coragem de “avançar o sinal”. É horrível o sentimento de inferioridade, parece que os outros homens são melhores que eu e vão tirar minha mulher e meus filhos de mim. Parece que tudo que eu fiz até agora não foi suficiente e não me sinto realizado profissionalmente. Sempre fui vaidoso, mas atualmente comecei a cuidar da aparência de uma forma mais intensa: Novo corte de cabelo, novo perfume, estilo de roupas mais jovens. Só que ao mesmo tempo prefiro ficar isolado, com choro compulsivo sem motivo, me sentindo inútil e sem valor. Outras vezes vontade intensa de fazer um novo curso, viajar, conhecer pessoas diferentes e começar um novo hobby ou atividade física. Logo passa e um desanimo invade e acaba com toda iniciativa de fazer a vida valer a pena. Minha mulher já esta no limite uma separação é o que eu menos queria na minha vida. (Enfim deu pra entender à realidade de uma crise de meia-idade, é o que eu estou passando e rezando para passar logo).

    • MCelia

      Renato, realmente voce esta no meio de uma crise de meia idade…Mas não fique esperando esta crise passar, procure logo ajuda! Procure um psicologo para conversar e colocar para fora sua angustia, um bom medico para dar uma olhada nos seus hormonios. Voce com certeza se sentira melhor. Insista na atividade fisica, é sempre bom exercitar o nosso corpo. Boa sorte e Cuide-se! Abraços.

  29. Paulo C. Rangel Junior

    Interessante

    • MCelia

      Ola, Paulo, bem vindo ao Viva50! Abraços.

  30. Claudio

    Pois é, estou passando por isso e nem cheguei aos 40.
    Ninguém da minha família sabe, procuro esconder os sinais da crise, mas não é fácil. Mas também eu não saberia como falar uma coisa dessas.

    • MCelia

      Ola, Claudio, crie coragem e fale com sua familia…eles com certeza irão te entender e te ajudar, pois é bem comum e ninguem esta livre de acontecer a crise da meia idade. Mas se não der para falar pode contar com a gente, estamos aqui , viu? Um grande abraço!

  31. sergio

    Apesar de tudo o que se escreve de lindo e maravilhoso sobre a aproximação da terceira idade…. é um horror a velhice, a perda da beleza, da juventude, da saúde, as horríveis limitações que o organismo trás, a solidão, a ausência de sentido nas situações etc., e não adianta um tentar me convencer do contrário…. “idosos jovenzinhos lindos” nas academias correndo nas prais com seus lindos shorts apertados e as lindas vovós saltitantes felizes “malhadas” nas lindas academias da vida… para esconder o horror de se deparar com a verdade.. Respeito todos vocês que fazem isso, respeitem minha pobre visão da realidade.
    Eu.

    • Virginia

      Olá Sergio, com certeza respeitamos a sua visão da realidade, entretanto, a realidade em si mesma não é ruim nem boa, ela é o que é, e cabe a cada um vive-la da forma que achar melhor. Você pode considerar a realidade da velhice horrível e deprimente, mas nós não vemos dessa maneira. É certo que o corpo entra em decadência, porém dizer que por esse motivo a “velhice não tem sentido” é reduzir a questão apenas ao aspecto físico da existência. Para nós, o que dá sentido à vida não é somente o corpo, é também a alma e o espirito humano, e estes não envelhecem. Sergio, nós acreditamos que depende da força interior de cada pessoa conseguir encarar sempre a vida como um lugar de conhecimento, dignidade, entusiasmo e desafios independentemente da sua faixa etária.
      Abraço

  32. lucas

    parece que perdi tudo…sinto um aperto no peito e cada minuto é um momento que eu perdi pra sempre…. eu que era tão feliz, tão alegre…

    • Virginia

      Olá Lucas, você sabia que a palavra crise significa término, ruptura, mudança? Pois então, você está vivendo uma crise existencial que caracteriza o fim de uma etapa de vida. Não se assuste, durante a crise é normal se sentir triste e inseguro, vive-se como que em um estado de luto pela juventude que passou, por uma fase da vida que terminou. Mas Lucas, se crise significa também mudança, acredite que depois de passado essa etapa, uma nova fase se apresenta, uma etapa de vida muito boa, com alegrias, descobertas e o melhor, tudo isso embasado pela consciência e pela maturidade. Cuidado, não pense que a vida acabou porque terminou a juventude, muito pelo contrário, essa nova fase que se apresenta é incrível, é um universo inteiro a ser descoberto. Livre-se da ideia de que a vida só é boa quando se é jovem, valorize e se orgulhe a sua jornada. Abraço

      • Saulo

        Olá Virginia, perfeito esse comentario/resposta ao Lucas. Isso tambem me serviu e muito. Obrigado.

        • MCelia

          Que bom, Saulo, ficamos felizes que serviu para você também!! um abraço

  33. Scyllas Co Saraiva da Silva

    Muito bom! Era o que eu precisava ler!
    Em particular, foi muito útil.
    Letras certas, no site certo, na hora certa da necessidade de entender os sintomas.
    Parabéns

    • MCelia

      Ola, Scyllas, que bom que nosso texto chegou em voce em boa hora! Obrigado! Abraços.

  34. bernadete barbosa

    Gostaria de conhecer um homem legal ,como eu

    • Virginia

      Olá Bernadete, a chance de você conhecer alguém legal é grande desde que você não fique recolhida dentro de casa. Saia para passear, convide amigas para viajar, jantar fora, tomar uma cervejinha, se puder, entre de sócia em um clube enfim, Bernadete, acredito que existe um homem interessante que também está a sua procura, basta você dar a oportunidade a ele de te encontrar. Ótima semana pra você, bjs

  35. Lu

    Olá Pessoa do Viva50,
    Acabei passando por aqui para descobrir um pouco do que acontece com um homem de 50 anos, pois acabei me apaixonando por um. Eu tenho 36 anos, mas aparento ser mais jovem. Realmente me interessei por ele, até descobrir que ele tinha uma namorada em outro estado. Tentei por diversas vezes ser compreensiva e aceitar as vezes que nunca podia estar comigo, pois o trabalho, os filhos e a namorada estavam como prioridade. Isso acabou me cansando e optei com muita tristeza em não continuar, pois não havia espaço e nem tempo para mim. Cada encontro desmarcado causava me dor e a sensação de ficar de lado.O que mais me entristece é que tínhamos tanta coisa em comum, hobbies, música, cinema, ficar acordados conversando, um beijo maravilhoso, abraços e porque ele não me deu uma chance…Falava sempre da nossa diferença de idade, de quanto isso poderia pesar um dia e eu sempre deixei bem claro que isso não era importante para mim. Acho que bem no fundo ele aceitou o término por causa da nossa diferença de idade e o medo de deixar a namorada que tinha sua faixa etária. Eu acho que ele estava em crise, como disse o site, mas não tive outra opção senão desistir. Tenho certeza que seria o homem da minha vida e me faria muito feliz. PARABÉNS PELO ÓTIMO TRABALHO!

    • MCelia

      Ola, Lu, bem vinda ao Viva50! Olha, querida, que bom que seu caso acabou…Não ia dar certo ficar com um cara que tem outra mulher…Deixe-o ir e quando ele for livre, ele volta.. Eu acho, olhando de fora, que não foi a diferença de idade que atrapalhou, foi a condição de comprometido com outra pessoa. Pense nisso como um bom sinal para você… Procure outra pessoa livre para você, você é tão nova e bacana, com certeza vai encontrar um pessoa legal para ficar ao seu lado, só com você! Boa sorte!!! Bjs e volte sempre

  36. Psyche

    Bom dia, não tenho certeza, mas acho que meu marido está passando pela crise da meia idade… ele fez 40 anos e, há uns dois meses, mudou seu comportamento… é como se fosse outro homem… chegou para mim e disse que ia morar sozinho, dar outro rumo para a vida, que o relacionamento desgastou… chegou a sair de casa duas vezes (nas duas eu o mandei para fora). Agora, está de volta há uns 20 dias. Nós temos uma filha de 10 anos, que está muito abalada… para ela, ele diz que vai ficar morando com a gente, mas ele tem uma quitinete alugada… e para piorar, tem uma vizinha que, não posso afirmar que estão tendo algo, pois ele nega, mas tenho muitas evidências de que há algo ali. Inclusive, o marido dela e o meu brigaram feio este final de semana. Quanto a mim, sofro com as oscilações de humor dele… quando está bem, conversa comigo, conta coisas, pede conselho… mas quando está mal (o que ocorre com maior frequencia), me trata com desprezo, não tem paciência para conversar comigo, mal me olha…. eu me sinto como se fosse sua inimiga, como se eu fosse a causa da infelicidade dele… nem a aliança ele usa mais…. é muito triste vê-lo assim, pois durante 12 anos foi um marido e pai exemplar… construímos muita coisa juntos…. quando nos conhecemos, ele não tinha nem concluído o ensíno médio, ele vem de uma família humilde…. ajudei-o a concluir os estudos, ele fez faculdade e agora está prestes a ser chamado em um concurso público. O problema é que durante todos esses anos, eu que mantive financeiramente a família, mas ele se dedicou aos estudos, pois tinhamos um objetivo…. mas acho que agora, ele pirou que não fez nada da vida dele…. Eu sinto como se outro ser, um ser perturbado, egoísta, irresponsável tivesse se apossado do corpo do meu marido, entende? Isso realmente passa? Como posso ajudá-lo? Eu o amo muito e nossa filha sofre muito com o medo dele ir embora

    • MCelia

      Andrea, que triste, né? Mas acho que não é a crise da meia idade, ele ainda esta na faixa dos 40…Deve ser crise existencial. Como você falou, ele esta nervoso porque os anos estão passando e ele não esta se realizando profissionalmente. Deixe-o ir, vai ser melhor para você e sua filha. Viva sua vida e se ele resolver voltar, você analisa o que é melhor para você, e se for melhor aceita-lo de volta, tudo bem, mas e se você encontrar uma outra pessoa sem tantos problemas? Toque sua vida e tente ser feliz com sua filha! Boa sorte! Bjs

  37. Regina lucia

    Não sei o que fazer, o meu marido que é muito amoroso, chegou agora com a conversa de que não dá mais pra viver comigo, quer viver só ir pro mundo, curtir. Ligado a isso tem chegado tarde em casa e se pergunto onde estava, sem resposta. tem 53 anos.

    • MCelia

      Regina, bem complicado, né? Tente ser compreensiva com ele, mas não deixe-o muito solto, tente conversar e ver o que esta acontecendo. Procure chama-lo para fazer alguma coisa juntos, reconquista-lo… Sei que não é facil, mas voce vai ter que tentar, não é mesmo? Boa sorte ! Bjs

  38. sueli garcia

    Oi virginia.
    Faço as minhas palavras iguais a da sandra regina.

    • MCelia

      Oi, Sueli, achou mais texto, que bom ! Bjs

  39. Maria josé de Carvalho

    então nesta fase a palavra chave e ter paciência, observar e ajudar para que essa transformação aconteça. Piora se nós mulheres, que também nessa época estamos vivendo a transformação em nós mesmas entrarmos em pânico, sentirmos raiva, ou sozinhas? A questão aqui é de conhecimento? Informação? Medicação? O que mais?

    • MCelia

      Ola, Maria José, a questão é amor e companheirismo, um tentando ajudar o outro. Uma boa conversa, uma ida ao medico juntos, uma terapia , se for preciso.
      E sempre procurar viver bem e feliz! Cuide-se que você fica forte para ajuda-lo! Bjs

  40. Marcelo

    Bom dia

    Completei 40 anos há 20 dias e por ser de uma geração criada assistindo malhação the OC entre outros programas jovens alem de várias bandas e culturas joviais estou estranhando muito, não estou conseguindo dormir direito, sem paciência com as pessoas fico agora quase que 24 horas deprimido e com remorsos lembrando das festas da agitação dos momentos maravilhosos que vivi mas me desespero pois ainda ao contrario de muitas pessoas de minha geração não possui património condizente com minha idade . estou confuso desnorteado somente consegui algum alento na Biblia esta tristeza esta me corroendo doi muito doi na alma.

    • MCelia

      Ola, Marcelo, recebi seu email, mas acho melhor responder por aqui, pois podemos ajudar outras pessoas que podem estar passando pelo mesmo problema , ok ?
      Você ja procurou ajuda psicologica? Porque o que você esta descrevendo pode ser um começo de uma depressão, então seria legal você procurar ajuda já para não sofrer mais. Uma boa conversa com alguem profissional vai te ajudar bastante. A religião tambem é um bom caminho… Cuide-se e não espere muito para procurar ajuda, ok ? Boa sorte! Abraços.

  41. Nilma

    Artigo

  42. Henrique

    Desculpe a franqueza, mas, esse antigo é ridículo, tenho 52 anos prático desde os 30 rapel, Trekking, montanhismo, e corrida de montanha, montain BIKE, sou músico e professor de música e depois que cheguei aos 50 me sinto melhor que quando tinha 30, esse papo de crise de meia idade ta na cabeça de cada um, valeu.

    • Virginia

      Valeu!

  43. Regina lucia

    volto aqui para dizer que não aguentei tanta rejeição e pedi que ele saísse de casa, afinal ja estava no quarto de hóspedes. descobri um envolvimento com uma colega de trabalho. Emagreceu, ficou sério, frio. Que negócio complicado. As vezes nem acredito que estou só. Foi pra casa da mãe, menos mal.

    • MCelia

      Nossa Regina, que chato… mas você fez muito bem em pedir para ele sair de perto de você. Assim você pode tocar sua vida sem ele ao seu lado te lembrando o tempo todo o que aconteceu. Comece a viver sua vida fazendo coisas que gosta, cuidando de você! Que sabe não vai te mostrar uma vida mais alegre e feliz?
      Boa sorte e volte sempre para nos dar noticias suas!
      Bjs

      • Marcia

        Achei esse site perfeito. Ha 4 anos, sou uma das ‘vitimas’ da crise de meia idade do meu ex-marido. As vezes, tenho vontade de revidar o que ele faz por ai – denegrir minha imagem sutil e sistematicamente por onde ele anda, o que e’ uma das principais coisas que mais me revoltam em toda essa situacao. Sempre me pergunto o motivo disso – sera em virtude do pouco carater dele (ate ele passar a me odiar, sempre achei que ele era integro e leal com todos), sera por conta da gravidade da crise, sera que eu sou um monstro. Devo odia-lo ou ter pena dele?

        • MCelia

          Marcia, o melhor a fazer é conversar com ele e mostrar para ele que você não gosta dos comentários ou brincadeiras dele te denegrindo. As vezes ele faz sem perceber, achando que esta sendo engraçado…Nem odeie, nem sinta pena , tente entende-lo… Boa sorte!

          • Marcia

            MCelia
            Desculpe-me discordar de vc, mas o que ele e muitos outros homens fazem, humilham, debocham de suas ex-esposas e ainda colocam nossos filhos contra nos e’ muito mais do que crueldade. Sinto na pele tudo isso e muito mais e vejo muitas mulheres sentirem todos os dias.

          • MCelia

            Não se desculpe, Marcia, é muito bom você colocar aqui como realmente acontece com você. Muitas mulheres lerão isso e se identificarão com você… O que você acha de procurar ajuda psicológica para te deixar mais forte e te dar forças para lutar contra essas humilhações? Estar falando aqui ja te mostra forte, procure ajuda e tente mudar essa situação. Conte com a gente para seus desabafos… Bjs e muita coragem ai para você!

  44. césar augusto s. de oliveira

    este BLOG é simplesmente demais. nota 10.
    eu encontrei tudo que eu precisava.

    • MCelia

      Bem vindo, Cesar Augusto! Volte sempre, abraços!

  45. Eli Segal

    para quem esta passando por isto foi prazeroso ler o seu artigo.obrigado

    • MCelia

      Que bom que chegou em boa hora para você… abraços

  46. Renato

    Nossa,, parece que estou lendo o retrato da minha vida atual. Com 50 anos estou passando por tudo isso. Sou casado a 24 anos e a 27 com minha esposa. A depressão é eminente, já fui diagnosticado com isso. Existe uma pessoa mais jovens que diz me amar, mas sei que é um amor impossível, talvez uma paixão avassaladora, então o maior problema é essa luta interna contra isso . Compreender tudo isso é uma luta constante , diária , minuto a minuto … Sinto muitas angustias. Sensação estranha . O álcool me ajuda porque me recuso a tomar calmantes e remédios pra depressão. Mas sei que somente eu posso me ajudar neste momento. Voltar a ser inteiro pra minha família é o que busco…. Foi ótimo ler este artigo, pois nos motiva a buscar a solução o quanto antes …. Parabéns

    • MCelia

      Renato, uma coisa boa é que você ja detectou o que esta ocorrendo com você, o próximo passo é procurar ajuda, psicológica ou com seu medico de confiança, siga o conselho deles e se cuida, hoje tem muitos tratamentos para te ajudar…não deixe de procurar ajuda, ta? e Volte aqui para nos dizer como esta indo, abraços.

      • Renato

        Ok, muito obrigado… Vou marcar com meu médico . Vou superar tudo isso…
        Muito obrigado mesmo

        • MCelia

          Imagina, Renato , volte sempre !

          • Renato

            Ola MCelia, começo a terapia com o psicólogo quinta feira ….. vamos enfrente

          • MCelia

            Que bom Renato!!Voce vai ver como vai te ajudar!! Boa sorte!

  47. Andrea

    Olá Maria Célia! Estou passando pelo mesmo problema e confesso que foi consolador saber que tem tantas outras pessoas na mesma situação. Não me interprete mal, pois não gostaria que alguém passasse por isso, mas eu estava me sentindo péssima, achando que todo o ódio que ele descarregou em mim fosse realmente por minha culpa, por eu ter sido uma má esposa durante esses 35 anos que vivemos juntos. Estava me sentindo muito mal mesmo! A crise já existe há uns 4 anos e iniciou-se com uma depressão. Ele fez tratamento psiquiátrico durante 2 anos e agora, 1 ano e meio após a alta, voltou tudo só que de uma forma diferente e muito pior. Ele me culpa por tudo, fala com muita raiva, refere-se a minha família (pai, mãe e irmãos) de forma pejorativa, se afastou completamente da nossa família, se isolou. Comecei a notar um súbito interesse pela aparência, coisa que ele nunca ligou e realmente isso nem me incomoda. Abandonou completamente qualquer projeto futuro que tínhamos e tem um ciúme doentio de mim. Só que, mesmo com todo esse ciúme, me maltrata, tenta me humilhar me colocar pra baixo. Acaba ficando com muito mais raiva porque não consegue. Ele se afastou completamente de mim. Tem falado muito em sair de casa.
    Só que toda essa crise me fez repensar meus conceitos, meus objetivos, meus “querer”.
    Estamos dormindo em quartos separados há mais de 1 mês e não faço mais a mínima questão de estar junto com ele. Só que também não consigo me separar dele. A ideia me causa desespero. Não consigo me entender. Talvez seja a mágoa por tudo o que tem acontecido ou talvez eu tenha deixado de amar. O fato é que estou começando a me abrir para novas oportunidades, entende? Tenho pensado muito em arrumar um novo parceiro, alguém que me respeite, que me ame e que compartilhe a vida comigo. Não tenho medo de envelhecer porque sei que é inevitável. Acredito que se todas as pessoas tivessem a aceitação do inevitável a coisa seria bem mais simples…
    O motivo pelo qual deixei aqui essa mensagem é para te pedir ajuda em me dizer o que está se passando comigo, pois com ele eu já entendi através do seu texto. Aliás, eu vejo ele em diversos parágrafos…
    Tenho 51 anos e ele 52. Somos casados desde os 17 e temos 3 filhos adultos.

    • MCelia

      Ola, Andrea, que bom ter você aqui com a gente! Olha vocês estão mesmo passando pela crise da meia idade, os dois… Você ja procurou ajuda de um/a psicologo/a?
      Ou talvez uma terapia de casais? Vocês precisam se entender, mesmo se pensarem em se separar, isso precisa ser bem conversado entre vocês. Sou super a favor do casamento mas também sou a favor da felicidade…Vocês dois são muito novos e ainda tem muita vida pela frente, procure ajuda o mais rápido que puder antes que fique insustentável entre vocês. Não faça nada que você se arrependa depois, tenha paciência e procure não magoa-lo e nem se magoar. Não se acomode, va logo atras de ajuda ou tente conversar com ele. Boa sorte e se cuida, viu? beijos

      • Andrea

        Boa tarde! Vou procurar ajuda sim. Só que preciso escolher bem, porque sei que nessa área se não estiver acompanhada por alguém muito bom o resultado pode ser terrível. Agradeço imensamente a você e a parabenizo pelo trabalho que está desenvolvendo e disponibilizando gratuitamente. Talvez voce não saiba, mas só o conteúdo que li aqui me foi muito esclarecedor e tremendamente útil. Nessa hora considero muito importante sermos ouvidos, termos com quem compartilhar nossa dor. E voce me ouviu, me respondeu…Gostaria que soubesse que me trouxe um grande benefício! Vou procurar ajuda e voltarei aqui para contar o desfecho da minha história.
        Muito obrigada e que Deus te abençoe.

        • MCelia

          Andrea, desculpe demora em te responder…Muito bom e confortante ler seu comentário, obrigado! Estamos aqui tentando falar com a pessoas e é muito bom quando alcançamos alguém como você! Vou torcer para você se encontrar e ser muito feliz! Beijos e volte sempre!

          • MCelia

            Que bom Renato! Voce vai ver como vai te ajudar! Felicidades!!!

    • João

      Casar cedo, não desfrutar da vida, da liberdade. Normal que um dia “caísse a ficha”, mas como é tarde para recomeçar (a vida é limitada) surge todo esse sentimento negativo. A culpa não é só sua, é de ambos, pois ambos erraram. Mas a vida é assim, poucos terão sucesso e viverão plenamente.

      • MCelia

        João , nunca é tarde para recomeçar, nossa vida é longa…acredito em cuidar da relação até onde puder e depois com muita paciência e bem querer, sou super a favor de procurar outra relação ou até mesmo uma vida sozinha e feliz. Abraços

  48. Regina lucia

    Entrou em crise. pedi pra que saísse de casa. Foi morar com a mãe. Mas volta e meia vai em minha casa. Passamos juntos dia das mães, dos pais, natal. No reveion perdi a calma e brigamos. Não sei mais o que fazer. Sinto amor de sua parte. mas quem ama vai embora? Trai. Jesus, estou em plena recaída.

    • MCelia

      Regina, ano novo , vida nova ! Pense bem… vale a pena viver assim? Toque sua vida e deixe ele para la, se te incomoda pare de ir onde ele esta. Viva sua vida e tente não ficar pensando tanto nele. Faça as coisas que gosta e curta sua vida. Pense antes em você! A vida é curta e muito boa para você ficar assim. Coragem , viva a sua vida ! Beijos e um ótimo ANO NOVO !

  49. Anthero Vieira

    Gostei muito do artigo, é bem assim mesmo.
    Acredito que a melhor maneira de superar a fase é procurando um profissional.

    • MCelia

      Concordo totalmente com voce , Anthero! Abraços – desculpe a demora em te responder…

  50. Josilene

    Ola Virginia!
    Meu marido está passando por essa crise há 8 anos, desde os 38 anos, inclusive com vários sintomas: começou a pedalar e fazer trilhas, passou 10 dias pedalando para sair da Bahia e ir para João Pessoa; perdeu peso, passa hidratante, protetor e pomada para tirar as manchas do rosto; um pente direto no bolso; comprou uma moto cara e fora de nosso orçamento; mas com certeza o q mais me machucou foram as garotas de programas e casos com meninas jovens. Ele que nunca teve esse comportamento tirou meu chão , ele diz q me ama e q não sabe pq faz isso. Não acredito q uma pessoa ama e fere ao mesmo tempo. Já estou sem paciência. Quando será que passa?

    • MCelia

      Oi, Josilene, que difícil hein? Olha você tem que ver até onde você consegue suportar essas traições. Deve mesmo ser uma fase dele, se sua paciência ja esta acabando é melhor você ter uma conversa seria com ele e avisa-lo, que você se ja esta sem paciência…Tente acompanha-lo o máximo que puder… boa sorte ! bjs

      • Eunice pinto

        Estou a procura de informações para entender está fase difícil que estou a passar, tenho 42 anos e meu marido tem 63 anos, estamos juntos a 14 anos e tem sido muito difícil ele é excessivamente ciumenta e com o tempo só piora, desconfia de tudo e é agressivo com as palavras, sinceramente que estou a pensar separa-me, temos uma filha de 6 anos.

        • MCelia

          Ola, Eunice, a diferença de idade algumas vezes causa o ciúmes, não é mesmo? Mas acho que você deve ter paciência com ele, converse e tente mostrar que não ha razão para ele ter ciúmes.Veja se ele não pode procurar ajuda psicológica para ajudar a passar essa fase, ok ? Boa sorte ! beijos

    • ANAIRDA

      Boa tarde,

      Estou passando a mesma situação que você Josilene, tenho 45 anos e meu esposo 52, de 1 ano e meio para cá começou a viajar sozinho, procurar ex namoradas nas redes sociais e a sair com garotas de programa… já pedi a separação várias vezes e ele me diz que sou a mulher da vida dele, mais que precisa disso pois seu tempo está curto e ele precisa se renovar… também estou perdendo a paciência e não sei mais o que fazer… já emagreci quase 10 quilos desde fevereiro… não está fácil não…

      • MCelia

        Oi, Anairda, pelo jeito você vai ter que tomar um decisão mais forte, pois esta mexendo com sua saúde.Procure se cuidar, tomar conta da sua vida, faça o que gosta, procure suas amigas , seus familiares, converse, procure um psicólogo para te ajudar a resolver, mas não deixe de se cuidar, saúde em primeiro lugar! E volte aqui se precisar de ombro amigo , você viu que não esta só, tem outras pessoas como você… Um beijo e cuide-se!

    • João

      hahaha mas o que tem de errado em pedalar? Faça você também! Vá junto. Desfrute da vida. Sabe que não é imortal né? Cuide do corpo que vai mais longe.

      • MCelia

        Oi, João , nesse caso , precisamos saber se ele quer que ela va junto…não é tão fácil assim…abraços

  51. Val

    Adorei os esclarecimentos, tô passando por isso com meu marido. Muito difícil. Mas vejo q a saída é paciência, amor e cuidados por nós mesmas!

    • MCelia

      É isso mesmo, Val! Só com amor e paciência passamos por essa fase… Coragem! beijos

  52. João

    Mas comprar uma Harley Davidson e sair pilotando por ai não é uma ideia criativa? Claro que é comum até acontecer, mas é impossível cada homem descobrir algo prazeroso inédito, por isso dá a coincidência de ter um certo número de pessoas que repetem atividades, como por exemplo ride a motorcycle….

    Cada um deve fazer o que lhe dá prazer e esquecer o julgamento dos demais,

    • MCelia

      Oi, João, voce tem razão, mas o que o texto sugere é sobre homens que nunca tiveram essas atitudes e de repente chegam com essa nova identidade… mas ta tudo certo vamos ser feliz, não é mesmo? Abraços

  53. Valdeci

    Na verdade nós homens quando chegamos aos 50 estamos no fim da vida ,nada mais faz sentido e não adianta querer mudar nada para melhorar porque não temos mais nenhuma perspectiva pois é quando não servimos pra mais nada .

  54. Valdeci

    Na verdade nós homens deveríamos morrer aos 50 porque a partir daí nós tornamos inúteis , não servimos pra mais nada .Eu por exemplo não acho mais nada de útil na minha vida não que tenha algum problema de saúde ou algo parecido , apenas não vejo mais nada de interessante , estou velho e não posso fazer mais nada que me dê prazer .

    • MCelia

      Nossa Valdeci, voce esta precisando de ajuda, tem muita vida pela frente! Procure um psicólogo para conversar você pode estar com uma leve depressão , comum nessa fase…não deixe de se cuidar, ok ? Um abraço e volte aqui para nos contar com esta indo

  55. Moisés de Araújo Branco

    Gostaria de receber esse artigo em meu email.Obrigado

    • MCelia

      Ola, Moises, desculpe mas não conseguimos enviar por email nossos posts… Abraços

  56. Antonio

    Hoje tenho 52, me sinto péssimo….meus ainda dependem de mim e minha ex também, e até mora na minha casa como amiga. não tenho relacionamento com outra mulher a anos…isso é uma crise mesmo!!! Vou tentar resolver da melhor forma, mas ja tive vontade de abandonar todos e sumir no mundo, só não o fiz por ser muito responsável…o que me destrói aos poucos.

    • MCelia

      Oi Antonio, voce pode ter sua vida e ser responsavel, procure fazer o que gosta , um esporte , um hobby, saia com amigos tenha sua vida independente dos seus filhos e da sua ex . Nao precisa sumir …converse com seus filhos e mude seu estilo de vida , procure divertir-se mais . Voce ta muito jovem para ficar sozinho! Liberte-se!!! Abraços

  57. EDUARDO

    Concordo plenamente. Tenho 58 anos e com aparência de 50 anos, porem psicologicamente falando me sinto um “fracassado”. Já não me relaciono sexualmente com vigor, me sinto uma pessoa chata, vivo ansioso e angustiado e o pior de tudo não tenho condições financeiras para me tratar.

    Minha filha diz que estou ficando ignorante, minha mulher está na menopausa e não tá nem aí. ou seja nada vai mudar.

    • MCelia

      Ola, Eduardo, voce com certeza esta passando pela andropausa… procure ajuda com sua família mesmo, tente conversar com sua filha , sua mulher , tome umas vitaminas , exercite-se, tente aumentar sua alta estima. Você perceber essa mudança ja é uma grande ajuda para você mesmo, cuide-se e procure sair dessa , ok ? E volte aqui para nos contar como esta indo, abraços

      • Weverson

        Estou com 53 anos,estou passando agora por essa crise.irritabilidade,depressão, anciedade,etc.as vezes me pego pensando até quando vou continuar assim, a vida parece que perdeu todo sentido. Minha mulher é mais jovem que eu nunca jamais me deu uma palavra de conforto, talvez elá não saiba o que esta acontecendo comigo, nem eu mesmo sabia até pesquisar e ver essa matéria. Tem alguma medicação para amenizar esses sintomas? Obrigado boa noite.

        • MCelia

          Ola, Weverson, procure ajuda com seu medico antes de tomar qualquer medicação, converse com sua mulher, ela com certeza vai te ajudar, é bem comum .so que os homens não falam tanto quanto as mulheres …boa sorte e se cuide! Abraços

  58. Val

    Estou passando por isso, a dois anos, é horrível ver a pessoa mudar da água pro vinho de repente. Já estivemos para nos separar várias vezes, mas existe muito sentimentos entre nós dois! Ele se aproximou um pouco, mas bem pouco,… é muito difícil, quero ter paciência mas tem horas q é muito desanimador! Tô tentando cuidar da minha vida, faço muitas coisas por mim, mas é triste ver esse afastamento da parte dele!

    • MCelia

      Oi, Val, tenha um pouco mais de paciência, converse com ele e veja se realmente é uma fase, mas se você diz que tem muito sentimento entre vocês vale a pena investir não é mesmo? Boa sorte! Beijos

  59. Antonio Valdir dos Santos

    Muito bom e interessante. É exatamente o que estou vivendo. Aos 50 anos de idade, estou passando por esse problema. Muito obrigado, agora conhecendo a existência da crise da meia idade, fico ate mais tranquilo, porque nem eu estava me conhecendo. Obrigado a minha filha Jéssica, que me mostrou este artigo que foi muito útil para mim.

    • MCelia

      Ola, Antonio, que graça sua filha! Que bom que que ela nos encontrou e pode te mostrar o nosso post! Se cuide agora , procure ajuda , alimente-se bem e exercite-se,ok ? Abraços